Licenciatura em Engenharia Mecânica

Engenharia Mecânica

Licenciatura em Engenharia Mecânica

Solicitar Informações



Condições de Acesso

Consulte aqui

Plano de Estudos

Consulte aqui

A engenharia mecânica é uma actividade profissional que consiste na concepção, projecto, fabrico, controlo e gestão de produtos, processos, equipamentos e sistemas energéticos e tecnológicos. Concretiza-se através da aplicação de conhecimentos teóricos, práticos e experimentais, enquadrados por constrangimentos de natureza económica, social, ética e ambiental.

Saídas Profissionais:

Os engenheiros mecânicos têm uma formação muito diversificada, pelo que têm aptidões para exercer a profissão em:

– Gabinetes de projecto e em tarefas de avaliação de projectos e consultoria em empresas de serviços;
– Indústrias de fabricação de equipamentos mecânicos, transporte e térmicos; empresas de produção de energia e climatização;
– Actividades de manutenção em todas as actividades industriais;
– Gestão de operações e logística; actividades técnico-comerciais.

Principais tipos de empregadores:

– Empresas de projecto de estruturas e componentes mecânicos, industrias direccionadas para fabrico de equipamentos de transporte: automóvel, aeronáutica, ferroviária e naval;
– Empresas que operam equipamentos de transporte, logística, manutenção e gestão de operações;
– Industrias de conversão de energia e respectivos equipamentos.

Atendendo à diversidade da sua formação, os engenheiros mecânicos têm a capacidade para se adaptarem às actuais inovações industriais, como a digitalização, a automação e a robótica industrial, assim como na introdução de novas tecnologias e de novos materiais que se verificam no actual ressurgimento industrial em Portugal e na Europa, sob a designação de Indústria 4.0.

Os licenciados em engenharia mecânica têm grande facilidade em integrar-se no mercado de trabalho, uma vez que as entidades empregadoras continuam a procurar nesta formação superior as boas qualidades sistematicamente demonstradas ao longo dos tempos pelos seus profissionais. O mercado de trabalho é extremamente diversificado merecendo destaque: os gabinetes de projecto, as indústrias de fabrico de equipamentos mecânicos e térmicos, as empresas de produção de energia e climatização, as actividades de manutenção e gestão de operações, as tarefas de avaliação de projectos e consultoria em empresas de serviços, as actividades técnico-comerciais e de desenvolvimento industrial.

O elevado grau de qualidade científica e pedagógica do corpo docente da Atlântica, com sólidos conhecimentos nas áreas de engenharia mecânica, de materiais e aeronáutica, e complementadas pelas áreas de gestão e tecnologias da informação, promoverá uma sólida aprendizagem nesta área de conhecimento. Esta formação contribuirá para uma aptidão para a resolução de problemas nas suas diversas vertentes de engenharia utilizando novos materiais, novas tecnologias em produtos inovadores e criando futuros profissionais que demonstrarão liderança técnica e profissional, versatilidade e capacidade de trabalho em equipas multidisciplinares.

A estrutura curricular foi criada tendo em atenção o contexto europeu e internacional, de modo a garantir uma oferta e qualidade de ensino correspondente à que se pratica nas melhores Universidades nacionais e internacionais. E, principalmente foi criada de modo a se adaptar às áreas inovadoras profissionais de que o país carece e que estão em desenvolvimento acelerado, como é o caso da formação em novos materiais e novas tecnologias que são introduzidas neste curso e que são de extrema importância para responder às necessidades de desenvolvimento industrial da sociedade portuguesa.

O ciclo de estudos em Engenharia Mecânica da Atlântica tem por objetivos:

i) formar licenciados em engenharia com competências técnicas e científicas que lhes permitam desempenhar com sucesso o seu trabalho em engenharia mecânica em gabinetes de projecto e em ambiente industrial;

ii) dotar os alunos de um amplo conhecimento da extensa área da engenharia mecânica, aptos a resolver problemas nas vertentes industriais e a adaptarem-se a equipas multidisciplinares;

iii) contribuir para melhorar a qualificação de quadros na área de engenharia, uma vez que numa sociedade em contínuo desenvolvimento, é necessário adaptar-se a novos desafios;

 

Objetivos de aprendizagem

i) formação sólida nas áreas de base da engenharia mecânica que permitam a resolução com rigor dos problemas fortemente multidisciplinares que os futuros engenheiros irão encontrar no exercício da sua actividade profissional;

ii) fomentar a capacidade de desenvolver a auto-aprendizagem fundamental num campo do saber em constante actualização e em desenvolvimento em Portugal, o sector industrial, bem como desenvolver a capacidade de comunicação oral e escrita dos conhecimentos adquiridos;

iii) fornecer conhecimentos gerais das várias áreas de projecto e produção industrial que permitam participar em projectos interdisciplinares em ambiente industrial, bem como o exercício de tarefas profissionais específicas;

iv) o desenvolvimento das capacidades crítica e criativa que permitam ao futuro engenheiro a criação da sua empresa ou do seu posto de trabalho.

Tens dúvidas ou precisas de mais informações?