Mestrado em Gestão de Sistemas e Tecnologias de Informação

Gestão de Sistemas e Tecnologias de Informação

Mestrado em Gestão de Sistemas e Tecnologias de Informação

Solicitar Informações



[recaptcha]


Condições de Acesso

Consulte aqui

Plano de Estudos

Consulte aqui

O Mestrado em Gestão de Sistemas e Tecnologias de Informação (GSTI) da Atlântica foi atualizado com um novo plano de estudos que permite adquirir o conhecimento académico, teórico e prático para a gestão de um departamento de sistemas e os inerente desafios atuais e futuros. Com um novo corpo docente de excelência, com vantagens adicionais para obtenção de certificações internacionais em Gestão de Serviços de TI, Gestão de Dados, Inteligência Artificial, amplamente reconhecidas na indústria.

O mestrado GSTI surgiu da necessidade das empresas terem cada vez maior dependência da Informação e da Tecnologia para fazerem negócio. É muito importante a capacidade para alinhar e realinhar continuamente os processos estratégicos da empresa, transformar os sistemas e tecnologias de informação e o negócio através da digitalização.

Este é o propósito deste mestrado, de capacitar os alunos com competências de gestão, de governance de sistemas e tecnologias de informação, que são atualmente fundamentais em qualquer organização para que estas atinjam os seus objetivos de negócio e tenham uma vantagem competitiva no mercado.

O mestrado em Gestão de Sistemas e Tecnologias de Informação, fornece os conhecimentos científicos e práticos para aumentar a vantagem competitiva das organizações.

Os alunos adquirem competencias para:

· Compreender os objetivos estratégicos da organização e definir, implementar e manter um sistema de governança empresarial e gestão da informação e tecnologia (I&T) que suporte a realização desses objetivos;

· Gerir eficiente e eficazmente projetos de Sistemas de Informação, em resposta às iniciativas estratégicas da organização, com capacidades de liderança, motivar e criar espírito de equipa;

· Desenvolver e reforçar as capacidades empreendedoras, com técnicas avançadas de Negociação, de análise da informação e tomada de decisão relativamente à implementação e financiamento do plano de negócios numa ótica empresarial;

· Saber preparar e analisar grandes volumes de dados e informação recorrendo a técnicas e métodos de Ciência de Dados e Big Data, aplicados ao desenvolvimento, implementação de sistemas de análise de dados e Sistemas Inteligentes;

Licenciados em Tecnologias da Informação, Engenharia, Gestão, e noutras áreas afins que procurem adquirir e aprofundar conhecimentos e desenvolver competências na área da Gestão de STI.

O plano de estudos da presente PG é composto por 13 Ucs obrigatórias e 4 optativas, cada uma correspondente a 5 ECTS, que se listam de seguida junto com os objetivos de aprendizagem e competências:

Estratégia e Planeamento de Sistemas de Informação

Compreender estratégia, modelos estratégicos e saber definir planos estratégicos de Sistemas de Informação em ambientes dinâmicos e complexos.

Preparar o aluno para as atividades de gestão do portfolio de sistemas de informação da organização, abrangendo as etapas de planeamento, desenvolvimento e exploração, numa perspetiva de gestão integrada de ciclo de vida. Pretende-se que o aluno compreenda a natureza das diferentes tipologias de sistemas adequados a cada contexto, analisando-os em termos de eficácia, valor e benefícios para a organização, de forma a adequar as metodologias de desenvolvimento e aquisição, implementação e manutenção. Esta unidade curricular apresenta também a relevância da maturidade dos sistemas de informação nas organizações.

Gestão de Projetos de Sistemas de Informação

Compreender os princípios fundamentais relacionados com a Engenharia de Projetos de Software; Dotar os futuros profissionais com um conjunto de regras, métodos e ferramentas essenciais a uma conduta eficaz durante a execução de projetos de desenvolvimento de software; Ter uma perspetiva global do processo (ciclo de vida) de software; Saber especificar e documentar um projeto de desenvolvimento de software; Saber aplicar notações e linguagens de modelação de software; Conceber, especificar e desenvolver um projeto de software.

Implementação e Governança de Sistemas de Informação

Dotar os alunos de conhecimentos que lhe permitam enquadrar a Gestão de Sistemas de Informação na estratégia da empresa, com ênfase nos aspetos de governação, planeamento e implementação; Aplicar os modelos de referência, boas práticas e metodologias que permitem analisar a maturidade, tomar decisões de investimento e organizar os serviços de TI, com vista a otimizar a seleção, implementação e avaliação do desempenho de sistemas de informação na organização; Saber como gerir o portfolio de sistemas de informação da organização, numa perspetiva de gestão integrada de ciclo de vida, caracterizando a oportunidade, o potencial e o risco dos projetos; Saber como selecionar e aplicar os standards de governação, de avaliação de investimento, gestão da mudança e gestão dos serviços de TI. Fornece os conhecimentos para os alunos se prepararem para uma certificação COBIT.

Gestão de Processos de Negócios

Compreender que uma organização é um sistema de processos que devem estar equilibrados; Compreender a importância do papel dos especialistas de processos de negócio na organização; Conhecer as áreas de conhecimento necessárias para a prática de BPM; Compreender a modelação de processos; Analisar a eficiência dos processos de negócio existentes na organização (“AS-IS”); Conceber e especificar novos processos de negócio (“TO-BE”); Transformar e monitorizar a execução de processos; Conhecer tecnologias BPM e boas-práticas da gestão corporativa de processos de negócio.

Visualização e Análise de Dados

Para uma boa medição da performance e tomada de decisão, precisamos de dados. Então para sermos assertivos nos nossos planos estratégicos, nas nossas decisões e iniciativas precisamos de uma base bem sustentada com informação que extravasa os limites da nossa organização. É então fundamental saber visualizar e analisar dados.

Formar os estudantes nos conceitos e métodos de Data Science aplicados à gestão e promover a aquisição de competências que permitam o desenvolvimento e implementação de sistemas de análise de dados e preditivos. Pretende-se também desenvolver técnicas de visualização de dados e representação do conhecimento. Os sistemas de informação geográfica são introduzidos nesta UC com o objetivo de introduzir a dimensão espacial dos dados e o seu interesse para a gestão.

Sistemas Inteligentes Empresariais

Compreender a arquitetura dos Sistemas de Informação para as organizações dos sectores industriais, serviços e saúde; perceber e adquirir competências para desenvolver e implementar sistemas de pagamentos online; adquirir competências para planeamento, desenvolvimento e implementação de sistemas alinhados com a Indústria 4.0. 4; entender modelos de Data Analytics para apoio à Gestão Organizacional. Robotic Process Automation é uma área muito apelativa e cada vez mais necessária.

Mineração de Dados na Web e Análise de Redes

O principal objetivo desta unidade curricular é possibilitar aos alunos a compreensão de como as diferentes técnicas de construção do conhecimento a partir do Big Data, usando dados empresariais que estão dentro da nossa organização mas não só, que estão disponíveis em diferentes fontes de dados, nas redes sociais por exemplo, e que podemos utilizar para suportar as nossas tomada de decisão e ações, para termos uma vantagem competitiva às empresas em diversos ramos de negócio.

Sistemas de Informação Geográfica para a Gestão

Adquirir conhecimentos sobre os conceitos de Informação Geográfica aplicados à gestão; Compreender, saber desenvolver e implementar bases de dados relacionais com dados georreferenciados; Dominar os fundamentos do trabalho em projeto de SIG integrado em sistemas de gestão; Compreender e saber converter dados georreferenciados entres diferentes sistemas de referencia cartográfica; Saber integrar sistemas de georreferenciação em sistemas de gestão; Conhecer soluções open source para o desenvolvimento e implementação de sistemas de informação geográfica.

Redes de Comunicação de Dados

Quando se fala de sistemas de informação, temos necessariamente de falar de redes de comunicações de dados.

Dotar os alunos das competências necessárias de Redes de Computadores. Pretende-se introduzir os conceitos técnicos fundamentais e paradigmas das redes de computadores; analisar formas de planeamento, instalação e configuração de redes de computadores, assim como os protocolos necessários para o seu correto funcionamento; abordar conceitos de redes unificadas e otimização de performance tendo como foco a capacidade de diagnóstico e resolução de problemas existentes em redes de computadores.

Sistemas de Suporte à Decisão

Conhecer os aspetos inerentes à informação no processo de tomada de decisão; compreender a evolução histórica dos SSD; Conhecer técnicas e tecnologias associadas aos SSD; saber identificar as principais técnicas e tecnologias associadas aos SSD; saber modelar estruturas de dados; saber identificar técnicas e tecnologias SSD em contexto organizacional; Explorar algoritmos em novas situações.

Empreendedorismo

Desenvolver e reforçar as capacidades empreendedoras; Proporcionar conhecimentos ao nível da elaboração de planos de negócio; Desenvolver capacidades de decisão relativamente à implementação e financiamento do plano de negócios numa ótica empresarial; Proporcionar conhecimentos ao nível dos aspetos legais da criação de empresas; Objetivo final: reduzir as barreiras à criação de empresas; Capacidades de análise e de síntese Capacidade de gerir informação; Capacidade de tomada de decisões Capacidade de raciocínio crítico e autocrítico; Capacidade de adaptação a novas situações Capacidade para aplicar os conhecimentos à prática.

Gestão de Pessoas

Desenvolver competências ao nível da gestão das emoções através do conhecimento do comportamento individual e de grupo e o seu impacto nos modelos de liderança, motivação e criação de espírito de equipa de acordo com os novos conceitos de gestão de pessoas. Pretende-se assim, dotar os alunos de competências técnicas de gestão das em opções e de capacidades de liderar, motivar e criar espírito de equipa recorrendo ao conhecimento do comportamento em ambiente corporativo, constituindo-se esses aspetos como as componentes diferenciadoras que se pretendem proporcionar com o conteúdo programático.

Métodos de Negociação

As pessoas e as organizações vêem-se frequentemente envolvidas em negociações, seja para resolver diferendos ou para afetar recursos. Esta disciplina oferece uma perspetiva estruturada da condução de negociações combinando apresentações teóricas, casos práticos e exercícios de negociação.

Sistemas de Informação de Gestão e Análise Big Data

Esta unidade curricular pretende preparar o discente para atividades de pesquisa sobre questões técnicas e organizacionais que afetam os modelos de prestação e de gestão de serviços de sistemas de informação nas organizações. Compreender a aplicabilidade dos modelos de gestão de serviços nas organizações e a criação de modelos inovadores e fluxos de trabalho, medindo os benefícios, custos e riscos associados à sua utilização num ciclo de melhoria contínua. Esta disciplina satisfaz uma necessidade contínua para os investigadores e profissionais de sistemas de informação. A unidade

curricular aplica também técnicas de análise de dados e análise de redes organizacionais em sinergia com técnicas de engenharia computacional para a extração e manipulação de conjuntos de dados muito grandes e complexos (e.g. Big Data).

Professor Doutor

Shahid Mumtaz

IET Fellow, IEEE ComSoc and ACM Distinguished speaker, recipient of IEEE ComSoC Young Researcher Award, founder and EiC of IET “Journal of Quantum communication,” EiC of Alexandria Engineering Journal – Elsevier, Vice-Chair: Europe/Africa Region- IEEE ComSoc: Green Communications & Computing society and Vice-chair for IEEE standard on P1932.1: Standard for Licensed/Unlicensed Spectrum Interoperability in Wireless Mobile Networks. His work resulted in technology transfer to companies and patented technology. His expertise lies in 5G/6G wireless technologies using AI/ML and Digital Twin(VR/XR) tools and innovation path towards industrial and academic. Moreover, he worked as Senior 5G Consultant at Huawei and InterDigital where he contributed to RAN1/RAN2 and looked after the university-industrial collaborative projects.

He has more than 15 years of wireless industry/academic experience. He has received his Master’s and Ph.D. degrees in Electrical & Electronic Engineering from Blekinge Institute of Technology, Sweden, and University of Aveiro, Portugal, in 2006 and 2011, respectively.

 

Professor Doutor

Luis Silva

Azure Cloud Director in the Microsoft Portuguese Subsidiary which put me in direct contact with the most breakthrough technologies and give me an amazing opportunity to continue learning and grow. The bold commitments and investments in sustainability, diversity and inclusion culture, the corporate social responsibility, philanthropies, environment, and trustworthy computing are some of the values that make Microsoft unique.
Ph.D in Computer Science and a MSc in Computer Engineering all from NOVA University of Lisbon and two BSc on Computer Science and Management from University of Minho. University and high school teaching is another passion, where I have had the opportunity to leverage all the accumulated knowledge gained with many different projects in some of the biggest organizations during the last 2 decades.
The real advantage for students is when we combine academic knowledge + industry experience + breakthrough technologies. The more than 20 years, in multiple different customers facing roles gave the Knowledge of all industries and segments of the Portuguese Market and allowed me to create strong and trusted business relationships in the industry.

 

Professora Doutora

Fernanda Passos

Graduação em Ciência da Computação pela Universidade Federal Fluminense (2007), mestrado em Computação pela Universidade Federal Fluminense (2010) e doutorado em Computação também pela Universidade Federal Fluminense (2014). Atualmente, é professora adjunta do Departamento de Engenharia de Telecomunicações na Universidade Federal Fluminense (UFF). Entre os anos de 2016 e 2017 foi professora adjunta no Departamento de Ciência da Computação na Universidade Federal Fluminense (UFF). No ano de 2015, foi professora do ensino básico, técnico e tecnológico no Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET/RJ) – Campus Petrópolis. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Processamento Paralelo e Distribuído, atuando principalmente nos seguintes temas: aplicações paralelas da e-ciência, grade de computadores e computação nas nuvens, sistemas gerenciadores e computação autônoma. Desde 2007, integra, como pesquisadora e desenvolvedora, o projeto EasyGrid que implementa um sistema gerenciador de aplicações autônomas em ambientes Grid. Ainda nesta área, participou do projeto integrado de aplicações de geofísica para as arquiteturas atuais de processamento de alto desempenho em parceria com CENPES/Petrobras. Fez parte, como voluntária, do Eu-Brazil OpenBio, um projeto de pesquisa que visa implantar uma plataforma de acesso aberto integrando as infra-estruturas e recursos europeus e brasileiros para o biodiversidade. Possui experiência didática, em nível superior, tendo atuado como tutora orientadora de projetos de conclusão de curso durante 3 semestres pelo CEDERJ bem como tendo realizado atividades de estágio em docência na disciplina de sistemas operacionais por 1 semestre. Atuou ainda como monitora do curso de formação de analista/ênfase em desenvolvimento da Petrobras.

 

Professor Doutor

Raul Paradeda

Assistant Professor and Researcher in computer science, focus on social robotics, Human-Robot Interactions, affective computing, games, storytelling, persuasion and personality.

 

 

Professora Doutora

Virgínia Araújo

Doutorada em Engenharia de Software pela Universidade de Vigo, licenciada em Matemática e Ciências de Computação pela Universidade do Minho, especializada em Gestão e Governance de Serviços de TI, Gestão de Segurança da Informação, e Gestão de Projetos;

Diversas certificações profissionais, nomeadamente ITIL®4 MANAGING PROFESSIONAL, ITIL® EXPERT, ISO/IEC 20000 PRACTITIONER, ISO/IEC 27001 PRACTITIONER, PMP, PRINCE2® PRACTITIONER, LEAN IT, COBIT, BIG DATA e DEVOPS. Distinguida pela AXELOS Inc. mulher líder em ITSM (IT Service Management). CTO na XWeb Integração de Sistemas.

Professora no Instituto Universitário Atlântica desde 2015, Coordenadora dos cursos de Licenciatura e Mestrado do Departamento de Tecnologias de Informação e Comunicação, Coordenadora Científica da pós-graduação em Cibersegurança e Proteção de Dados;

Membro da Comissões Científicas em diferentes Conferências Académicas internacionais, autora em diferentes publicações científicas e profissionais, entre as quais se destaca a publicação oficial do ITIL® 4;

Especialista na Comissão Técnica163-Segurança em Sistemas de Informação e na Comissão Técnica ISO/IEC JTC 1/SC 27- Segurança da Informação, Cibersegurança e Proteção da Privacidade.

 

Professora Doutora

Carla Silva

Professora Auxiliar na Atlantica Instituto Universitário.

Pos Doctoral  Decision Support In Artificial Intelligence Systems pela Universidade Nova de Lisboa.

Doctoral Researcher in Mathematics and Computer Science – Intelligent Systems, Web and Cloud Infrastructures  and Decision Making with Big Data pela Universidade Aberdeen – Scotland.

European PhD in Education with Application to Data Science and Management pela Universidade Autónoma de Barcelona e Lusófona de Lisboa – Spain and Portugal.

Licenciatura em Geomathematics and Geophysics pela FCT na Universidade de Coimbra.

CEO do Institute of Intelligent Systems in Artificial Intelligence, Software House. Coordenadora e Director Científico do Centro de Estudos e Investigação em Inteligência Artificial e Ciências Comportamentais com o Grupo de Investigação em Inteligência Artificial e Aplicações e com o Grupo de Educação, Intervenção e Desenvolvimento Comportamental.

Tem o seu foco de pesquisa e investigação nas areas de Estatística e Computação, Artificial Intelligence, Métodos de Análise em Intelligent Systems, Decision Making e Data Mining, Machine Learning, Elearning Software.

 

Professor Doutor

Fernando Romana

Fernando Acabado Romana é Doutorado em Gestão pelo ISCTE-IUL, com especialização em Organização e Desenvolvimento dos Recursos Humanos, continuando a realizar trabalhos de investigação e publicações no âmbito desta área científica da Gestão Empresarial. Sob o ponto de vista profissional é atualmente CEO na Galucho SA e foi anteriormente Diretor do IPAM de Lisboa e Presidente do Conselho de Gestão do mesmo Instituto, acumulando estes cargos com os de Professor na Licenciatura e Mestrados. Colabora com a Atlântica, no desenvolvimento de estudos de investigação e coordenação de curso de Pós Graduação na área da Gestão LEAN, promovendo o desenvolvimento e aplicação de um protocolo entre a Universidade e a empresa. Ao longo da sua carreira manteve diversos cargos de gestão e consultoria nacionais e internacionais em diversas empresas, como o Grupo ProCME, a Delphi, a GM e a Cablesa, que lhe permitiram acumular vastas experiências que são uma mais-valia para o exercício das atuais funções.

 

Professor Doutor

Georg Dutschke

Doutor em Gestão e Marketing pela Universidade de Sevilha. Registo da tese em Portugal na Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa. Presidente do Concelho Cientifico na Universidade Atlântica. Professor Associado. Consultor em Gestão e Marketing. Partner do projeto Happiness Works. Exerceu cargos de direção e gestão em empresas como a Angelini, Pescanova, PT Multimédia, Sara Lee Processed Meat, Warner Brothers, Johnson Wax e Johnson & Johnson.

 

Professor Doutor

Pedro Cruz

Professor auxiliar, Licenciado em Engenharia Química, ramo de Biotecnologia pelo Instituto Superior Técnico, na Universidade Técnica de Lisboa, Doutorado em Engenharia Química, pelo Instituto de Tecnologia Química, e Biológica, na Universidade Nova de Lisboa. Possui ainda um MBA em Gestão Internacional pela Universidade Católica de Lisboa. É professor da Atlântica desde 2000. É actualmente Chief Technical Operations Officer do Instituto de Biologia Experimental e Tecnológica (iBET). Foi fundador, Administrador e Diretor Cientifico da ECBIO, S.A. (1999-2017). Foi Investigador Sénior do iBET (1999-2010), Consultor Benchmarking do IAPMEI (2001-2003); Consultor Benchmarking da APIFARMA (2002-2004). Realizou vários períodos de especialização em empresas, institutos e universidades estrangeiras como a Novartis (Suíça), Innogenetics (Bélgica), Helmholtz Institute (Alemanha), Penn State University (PA, E.U.A.). É co-autor de 51 artigos em revistas internacionais com revisão de pares e de 9 patentes, tendo ainda colaborado na elaboração de 15 capítulos de livros.

 

Professor Doutor

Mário Macedo

Doutorado em Gestão de Informação pela Universidade Aberta, Investigador em  vários projetos nacionais e europeus, Presidente da Comissão Técnica CT199 – Sistemas de Informação para a Saúde do Instituto Português de Qualidade, consultor de vários hospitais e indústria. Foi responsável pela área de Sistemas de Informação de Indústrias e Organizações de Serviços de Saúde e perito informático do Ministério Público.

Apresentação do pedido

Intenção de decisão do CA – Novo ciclo de estudos

Relatório preliminar da CAE – Novo ciclo de estudos

Após Relatórios de Follow up apresentados pela Atlântica, o CA da A3ES emitiu o seguinte comunicado:

Decisão do CA da A3ES de 22 de dezembro de 2015

“Encontrando-se cumpridas, no essencial, as condições fixadas no ato de acreditação, o Conselho de Administração, em reunião de 30 de maio de 2017, decidiu acreditar o ciclo de estudos por seis anos, contados a partir da data da acreditação condicional referida.”

Tens dúvidas ou precisas de mais informações?